Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/13420
Título: Criação e implementação da marca de roupa "Emma K" no mercado Angolano
Autor: Santos, Joana
Orientador: Mena, Ricardo
Palavras-chave: Marketing de moda
Marca
Merchandising
Angola
Data de Defesa: 10-Set-2015
Resumo: Este Projeto Profissional tem como principal objetivo perceber se o mercado de moda e vestuário angolano é uma boa oportunidade de negócio para as marcas portuguesas, neste caso em particular para a marca de roupa “Emma K - Luxury Fashion” criada e desenvolvida de pela empresa Lightwear – Representações Têxteis, Lda. Esta marca foi pensada exclusivamente para a cadeia de hipermercados Kero em Angola e é dirigida ao público feminino e masculino da classe média. A revisão de literatura assentou essencialmente sobre duas grandes temáticas: a marca e moda, afunilando o estudo para o setor têxtil e de vestuário em Portugal e para o mercado de moda e vestuário em Angola. Também foram estudadas as ferramentas inerentes ao marketing de moda e comunicação, aprofundando o conceito de merchandising, uma vez que é o ponto forte de comunicação dos hipermercados Kero. Este estudo realizou-se através da observação e participação direta no processo de desenvolvimento da marca através do estágio realizado na empresa Lightwear – Representações Têxteis Lda., empresa criadora da marca. Também foram realizadas entrevistas a pessoas ligadas ao setor têxtil e vestuário nacional para averiguar as suas opiniões sobre a potencialidade do mercado de moda e vestuário angolano. Nas entrevistas realizadas para além de ser abordada a problemática em estudo, também foram abordados temas diretamente relacionado com a mesma, como o setor têxtil e de vestuário em Portugal. Os resultados revelaram que o setor têxtil e de vestuário nacional atualmente está um setor mais forte e consolidado com perspetivas bastante positivas relativamente às exportações para os mercados emergentes, principalmente para o mercado angolano. Em relação à problemática em estudo, todos os entrevistados referiram que o mercado vestuário angolano está a crescer devendo-se essencialmente ao aparecimento e crescimento da classe média de consumidores; e também referiram que as marcas portuguesas de vestuário estão a ganhar posição e a ter sucesso naquele país. Conclui-se então que neste momento Angola é uma boa oportunidade comercial de investimento a longo prazo no setor têxtil e de vestuário. No que respeita à marca “Emma K” foi possível constatar que tem sido um sucesso entre os consumidores angolanos, contudo há uma lacuna na área da moda e vestuário nos hipermercados Kero ao nível do marketing e do merchandising, sendo por isso uma área pouco desenvolvida que precisa de ser trabalhada e melhorada.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/13420
Designação: Mestrado em Gestão de Marketing
Aparece nas colecções:IPAM - Porto - Dissertação de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
joana_santos.pdf3,27 MBAdobe PDFVer/Abrir    Acesso Restrito. Solicitar cópia ao autor!


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.