Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/1237
Título: Raymond Aron e a teoria da estratégia
Autor: Cabral Couto, Abel
Palavras-chave: Estratégia
Estratégia militar
Estrategas
Teoria
Data: 2005
Editora: Instituto da Defesa Nacional
Relatório da Série N.º: 3ª Série;Nº 111 (Verão 2005)
Resumo: O presente artigo tem como foco a obra de Raymond Aron enquanto epistemólogo e teorizador da Estratégia, tendo em conta que o pensador francês, não tendo sido um estratega, foi um eminente estrategista. Raymond Aron terá sido o último dos clássicos da estratégia, restringindo esta última ao vector militar, diferentemente de Beaufre, o primeiro dos modernos neste domínio. Não obstante, a sua obra continua incontornável num conjunto de aspectos que se prendem com as capacidades, limites e condições de emprego do vector militar; a da inserção deste vector no Estado; a das relações entre a estratégia (militar) e a política; a da distinção entre ganhar e não perder; a da dialéctica entre forças morais e forças materiais; a da rejeição de concepções deterministas, bem como de quaisquer listas de receitas, nos domínios político e estratégico.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/1237
ISSN: 0870-757X
Versão do Editor: http://www.idn.gov.pt/publicacoes/consulta/NeD/NeD111/NeD111.pdf
Aparece nas colecções:IDN - Revista Nação e Defesa

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
NeD111_AbelCabralCouto.pdf259,33 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.