Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/1229
Título: Empresas militares
Autor: Jorge Silva, Paulo
Palavras-chave: Gestão de crises
Operações humanitárias
Forças Armadas
Segurança
Defesa
Ameaças
Violência
Empresas
Privatização
Mercenários
Data: 2005
Editora: Instituto da Defesa Nacional
Relatório da Série N.º: 3ª Série;Nº 111 (Verão 2005)
Resumo: Os europeus têm cada vez mais fins e tarefas a que afectar os seus recursos, e a competição sobre os mesmos e a menor percepção de amea- ças aumentaram a escassez sentida pelos militares, que passaram a ter de fazer missões de gestão de crises e apoio humanitário (Missões de Petersberg), quando a defesa do estado contra ameaças externas é a vocação natural das FA, meio polémico e economicamente ineficiente de efectuar aquelas missões. A eficiência económica será mais bem servida por contratos com privados para missões com baixa intensidade de violência, mas pondo em causa o dogma weberiano de monopólio da violência legítima do estado. Este dogma já foi superado em funções de segurança interna, com uma adequada e sólida regulação, com ganhos consensuais; pode assim inspirar a mudança no nível externo, que passa por incentivar a criação e sustentabilidade de empresas de serviços de segurança e defesa, substituindo o modelo incerto e desregulado de recurso ad-hoc a mercenários ou empresas de fachada. Existe um mercado de serviços de segurança e defesa, com oferta e procura, ainda que não seja claramente reconhecido, e ele pode servir para melhorar a afectação de recursos na Europa, desde que seja bem regulado e funcione onde tem vantagem sobre as FA
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/1229
ISSN: 0870-757X
Versão do Editor: http://www.idn.gov.pt/publicacoes/consulta/NeD/NeD111/NeD111.pdf
Aparece nas colecções:IDN - Revista Nação e Defesa

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
NeD111_JorgeSilvaPaulo.pdf478,48 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.