Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10867
Título: Osteonecrose maxilar relacionado ao uso de medicamentos
Autor: Thomé, Ana Carolina Antunes
Orientador: Manso, Ana Cristina Garcia de Matos
Palavras-chave: Osteonecrose da mandíbula
Bisfosfonatos
Denosumab
MRONJ
Data de Defesa: Out-2015
Resumo: A osteonecrose maxilar relacionada ao uso de medicamentos (MRONJ) é uma doença óssea rara, grave e pode estar relacionada com vários medicamentos incluindo bisfosfonatos, medicamentos anti-angiogénicos e anti-reabsortivos, tal como denosumab. É um estado patológico caracterizado pela presença de uma área de exposição óssea necrótica na região maxilofacial com duração de mais de 8 semanas e que não tenham recebido radioterapia na região craniofacial. A exposição do osso pode ocorrer espontaneamente ou, como na maioria dos casos, até 80%, após um procedimento oral invasivo, extração dentária ou outras intervenções cirúrgicas envolvendo exposição óssea intraoral. O aumento do número de casos nos últimos anos pode ser explicado pelo aumento de pacientes tratados com todas essas drogas para doenças osteometabólicas (ou seja, osteoporose, osteogénese imperfeita) ou doenças neoplásicas (mieloma múltiplo, cancro de mama, próstata e renal). A patogénese não é totalmente compreendida, provavelmente estão envolvidos diferentes mecanismos, tais como inibição da diferenciação e função dos osteoclastos, diminuição da angiogénese e inflamação/infeção dos ossos da mandíbula. É muito importante a anamnese e gestão dos pacientes, devendo ser o mais detalhada e correta possível, não só para evitar a osteonecrose, mas também para programar todos os tratamentos necessários antes do início da terapia com esses medicamentos. Na prevenção da MRONJ os pacientes devem receber instrução de higiene oral, além de uma revisão dentária a cada 4 meses. O tratamento endodôntico, periodontal e de dentisteria são indicados para remover ou prevenir infeções odontogénicas. Procedimentos cirúrgicos são realizados em caso de dentes condenados. O objetivo do tratamento da MRONJ é aliviar os principais sinais e sintomas, bem como prevenir a progressão da exposição óssea por meio de antibioticoterapia e colutórios com clorexidina 0,12%. Existem duas diferentes opções de tratamento, através de medidas conservadoras ou abordagens cirúrgicas avançadas.
Descrição: Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10867
Designação: Mestrado Integrado em Medicina Dentária
Aparece nas colecções:EM - ISCSEM - Medicina Dentária

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Thomé, Ana Carolina Antunes.pdf794,47 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.