Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10775
Título: A família como suporte à reabilitação da pessoa com deficiência : paraplégicos e tetraplégicos
Autor: Rodrigues, Sara Rocha
Orientador: Martins, Maria Manuela
Palavras-chave: Lesão medular
Enfermagem de reabilitação
Família
Data de Defesa: 2015
Resumo: Associado aos acidentes de viação, projétil balístico, armas brancas, quedas, acidentes de trabalho ou prática desportiva, a prevalência de lesões medulares tem vindo a aumentar na nossa sociedade e, consequentemente, o número de pessoas com deficiência motora. O impacto que uma lesão desta natureza produz na vida de um indivíduo é incomensurável, provocando uma rutura drástica com a vida que tinha anteriormente. Esta condição não compromete exclusivamente a vida da pessoa que sofreu o acidente. Também a família sofre consequências que acarretam uma reestruturação para dar resposta às necessidades criadas pela nova condição de saúde do seu familiar. Desta forma, é necessário que o enfermeiro considere a família como um cliente, dado que a colaboração e o envolvimento pleno da família são essenciais para o processo de reabilitação, não sabendo nós, até que ponto o futuro da pessoa é condicionado pela vivência da nova situação no meio familiar. Este é um estudo qualitativo, do tipo exploratório e descritivo, transversal, que tem como propósito compreender até que ponto a família intervém no processo de adaptação da pessoa que sofreu lesão medular, por forma a contribuir para uma melhor assistência às famílias e à pessoa com paraplegia/tetraplegia no processo de reabilitação e, por conseguinte, tornar mais efetiva a reintegração dos indivíduos no seu meio. Neste estudo, utilizámos uma amostragem não probabilística, em bola de neve, identificámos uma pessoa com sucesso profissional e com lesão medular de origem traumática, e a partir desta referência identificámos os restantes participantes, num total de 5. Assim, da amostra, fizeram parte as pessoas com lesão medular e todos os familiares que foram significativos para o processo de reabilitação. O estudo decorreu no ambiente familiar dos indivíduos, com recurso a uma entrevista semiestruturada. Da análise, emergiu evidência de que a transição é gradual e morosa, sendo influenciada pela personalidade dos intervenientes, pela partilha de experiências com pessoas que viveram a mesma situação, pela informação adquirida, pelos novos projetos de vida e pelo tempo do processo. Revelou-se, ainda, significativa a preparação do regresso a casa. Os enfermeiros foram tidos como relevantes durante o internamento, no entanto não foi mencionado o seu papel no ensino, instrução e treino de atividades de vida diária, nem foi feita alusão aos mesmos aquando do regresso à comunidade. Nenhum dos participantes fez referência ao papel do enfermeiro especialista em Enfermagem de reabilitação no decurso do processo. Para a obtenção de uma transição saudável e, consequentemente, para uma reintegração efetiva após a lesão, os apoios e recursos da comunidade e sociedade apresentaram-se fundamentais. A situação de fragilidade vivenciada pela pessoa com lesão medular tornou-se uma força de união e coesão da família. A família vivencia mudanças de hábitos e rotinas, emergindo evidência sobre alteração da dinâmica e complexidade das relações. O envolvimento e uma postura pró-ativa foram os pontos comuns encontrados entre as famílias que participaram nesta investigação, e que permitiram retratar a influência desta na vivência da autonomia e do sucesso profissional das pessoas acometidas por lesão medular. Palavras-chave: Lesão medular, transição, família, enfermagem, reabilitação
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10775
Designação: Mestrado em Enfermagem de Reabilitação
Aparece nas colecções:ESEP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertação - Sara Rodrigues.pdf3,22 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.