Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10774
Título: Os cuidados de higiene e implicações na gestão do serviço
Autor: Silva, Cristina Manuela Campos Moreira da
Orientador: Penaforte, Maria Helena de Oliveira
Palavras-chave: Cuidados de higiene
Gestão em enfermagem
Data de Defesa: 2015
Resumo: As práticas de gestão relativamente aos cuidados de higiene, foi algo que sempre nos foi inquietando na nossa experiencia. Orientados pela qualidade em saúde e a excelência dos cuidados, centramos as nossas preocupações nos processos de gestão em torno destes cuidados, admitindo que para as instituições de saúde o desafio da produção de ganhos em saúde impõe‐se, onde o caminho passa por compreender além das práticas clinicas, os modelos em uso, e os processos de gestão, particularmente em algo que é real, como a dos cuidados de higiene em meio hospitalar. É neste contexto que surge o estudo “cuidados de higiene e implicações na gestão do serviço”, pelo que se escolheu conhecer como é o processo de gestão utilizado pelo enfermeiro gestor nos cuidados de higiene, de modo a contribuir para a melhoria da prática de cuidados. Estudo de caracter qualitativo, exploratório, descritivo e transversal, com recurso á entrevista semiestruturada, numa amostra que recaiu em treze enfermeiros com funções de gestão, num Centro Hospitalar do Norte do Pais. Os dados foram submetidos à analise de conteúdo, proposta por Bardin, (2009). Dos resultados emergem doze áreas temáticas a conferir significado aos cuidados de higiene e implicações na gestão do serviço. A conceção destes cuidados, emerge orientada para o cuidar do corpo físico, da sua limpeza e delegação, a traduzir um momento produtor de cuidados, uma conceção que aponta para um cuidado limitativo, enquanto ato de gestão. A monitorização dos cuidados de higiene quando existe, é acoplada a outros cuidados, contudo, considerados de primordial importância, e de que existe reconhecimento pelos familiares. A nível da formação em serviço, brota um investimento débil nos cuidados de higiene, porém a complexidade destes cuidados é reconhecida como um motivo para a dotação segura dos enfermeiros. Relativamente à avaliação dos cuidados de higiene os participantes recorrem a estratégias como a observação direta e a avaliação informal, mas expressam uma visão dos cuidados de higiene, sem definição de indicadores de qualidade. No padrão bem‐estar e o V autocuidado enquanto significativo nas intervenções autónomas, o autocuidado surte como representante da autonomia dos cuidados de enfermagem e o bem‐estar do cliente como representante da satisfação do cliente. Sendo que, o autocuidado é evidenciado como ganhos em intervenções autónomas dos enfermeiros, de modo significativo pelos enfermeiros gestores, dando seguimento á razão de pensar sobre esta dimensão como fundamental. Do estudo ressalta que os Cuidados de higiene não constituem um recurso ou preocupação estratégica para promoção da saúde. No processo de gestão, implicitamente há marcas de uma orientação limitativa sobre os próprios cuidados de higiene, debilitando o seu recurso. Todavia os achados também apontam para uma atualização teórica, ao falarse nos contributos dos cuidados de higiene para a qualidade assistencial e visibilidade do serviço, e da Representação do bem‐estar e o autocuidado, enquanto padrão significativo nas intervenções autónomas, desvendando‐se abertura para outra conceção dos CH por parte destes enfermeiros gestores, onde o autocuidado se constitui representante da autonomia do utente e o bem‐estar da sua satisfação.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10774
Designação: Mestrado de Direção e Chefia de Serviços em Enfermagem
Aparece nas colecções:ESEP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
DISSERTACAO final 31 maio 2015.pdf1,14 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.