Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10757
Título: Despiste das dificuldades sentidas pelos professores do ensino regular em contexto de interacção com o aluno com Síndrome de Asperger
Autor: Duarte, Ana Paula Leal Pedrosa
Orientador: Abreu, Ana Maria
Palavras-chave: Síndrome de Asperger
inclusão
atitudes dos professores
estratégias
Asperger syndrome
inclusion
teacher attitudes
strategies
Data de Defesa: 2011
Resumo: A Síndrome de Asperger é uma perturbação do espectro do autismo, caracterizada por limitações na interacção social, na comunicação social e na flexibilidade do pensamento. Quando possível, a sua inclusão numa turma de ensino regular é a modalidade educativa mais adequada, porque oferece ambientes de aprendizagem diferenciados e flexíveis, que promovem o acesso ao currículo comum. Conscientes do papel decisivo que os professores do ensino regular assumem no sucesso educativo de todos os alunos, o presente projecto de investigação objectivou o despiste das dificuldades sentidas por estes agentes educativos em contexto de interacção com os alunos com Síndrome de Asperger. Convidados a responder a um questionário, traduzido e adaptado à realidade portuguesa, sobre as suas atitudes inclusivas, percepções sobre a Síndrome de Asperger e estratégias utilizadas, 123 professores participantes, do 2º e 3º ciclo, que leccionam em escolas públicas de ensino regular da grande Lisboa, foram organizados em dois grupos: 60 professores que leccionam alunos com Síndrome de Asperger e 63 professores que não leccionam estes alunos. Os resultados obtidos mostraram que embora se observem alguns indicadores de positividade inclusiva (atitudes dos agentes educativos, organização da escola, trabalho colaborativo, envolvimento dos encarregados de educação e elaboração de programas educativos individuais), na generalidade, o grau de autismo, é considerado pelos professores como o critério mais condicionante para a frequência de um aluno com Síndrome de Asperger nas classes regulares. As características da sua personalidade e, para os professores experientes, as habilidades académicas também são apontadas. No geral, os professores equacionam a necessidade de obter formação especializada e não possuem conhecimentos esclarecedores sobre a condição asperger. Observa-se uma fraca mobilização de estratégias adequadas aos alunos. São analisados as dificuldades dos professores na interacção com os alunos com Síndrome de Asperger e apresentamos um conjunto de estratégias que auxilie o processo inclusivo.
Asperger Syndrome is a disorder in the autism spectrum, characterized by limitations covering social interaction, social communication and flexibility of thought. The inclusion of an Asperger student in a regular classroom, when possible, is the most appropriate type of educational service, because it offers various and flexible learning environments, that promote the child’s access to the curriculum. Aware of the decisive role of regular teachers assume in what concerns the educational success of all students, this research project, aimed to screen and objectify the difficulties experienced by these teachers in the educational context of interaction with students with Asperger Syndrome. We invited 123 teachers to answer a questionnaire that was translate and adapted to the Portuguese reality. These teachers thought the 2nd and 3nd level of education in the public schools of Great Lisbon. The participants were divided into two groups: 60 teachers who work with students with Asperger Syndrome and 63 teachers who have not thought students with this condition. Our results showed that although there are some positive inclusive indicators (attitudes in the staffroom, school organization and collaboration, involvement of parents and development of individual educational programs) in general, the teachers consider that the degree of autism is the most determinant of success criteria to include Asperger students. Personality characteristics are also mentioned. Moreover, teachers with experience also consider their academic skills. Overall, although the teachers equate the need to participate in specialized training, they have no knowledge concerning the Asperger condition, and there is a weak mobilization of appropriate strategies directed towards students. We analyze the contributions and limitations of our data and present a series of strategies that might aid in the inclusive process of students with Asperger syndrome.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10757
Designação: Mestrado em Necessidades Educativas Especiais - Área de Especialização em Cognição e Motricidade
Aparece nas colecções:ISEC - EE - Mestrado em Necessidades Educativas Especiais - Área de Especialização em Cognição e Motricidade



FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.