Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10731
Título: A gestão da ansiedade materna através da técnica de imaginação guiada
Autor: Furtado, Ana Rute de Paiva Lima
Orientador: Carneiro, Marinha
Palavras-chave: Ansiedade
Qualidade de vida
Gravidez
Data de Defesa: 2015
Resumo: O presente relatório de estágio de natureza profissional representa o processo de desenvolvimento de competências do EESMO ao longo das áreas de intervenção: gravidez, trabalho de parto e pós-parto, indo ao encontro das diretrizes do Regulamento de Competências de Cuidados Especializados apresentadas pela Ordem dos Enfermeiros. Considerando a relevância de uma prática baseada na evidência, para o desenvolvimento do processo de cuidados planeados e implementados aos casais e famílias, procedeu-se a uma fundamentação teórica das intervenções nas diferentes áreas de cuidados, sempre com o objetivo de promover uma transição para a parentalidade saudável. Sendo o âmbito da atuação do EESMO muito extenso, foi dado destaque às áreas que mais foram trabalhadas ao longo da prestação de cuidados e àquelas que suscitaram maior reflexão. Uma delas foi o controlo dos níveis de ansiedade durante a gravidez através da técnica de imaginação guiada (TIG). A promoção da saúde mental durante a gravidez tem sido incentivada pela OMS e apoiada pela DGS portuguesa, devido ao impacto que esta tem na saúde, bem-estar e qualidade de vida da mulher grávida e de toda a sua família. Níveis elevados de ansiedade têm sido cada vez mais associados a desfechos materno-fetais desfavoráveis (APPT; sofrimento fetal e RN com baixo peso ao nascimento), a alterações no desenvolvimento fetal e ainda a distúrbios emocionais a longo prazo na criança. Sendo o EESMO um profissional de saúde que acompanha o casal ao longo de todo o processo de gravidez, trabalho de parto e pós-parto, este torna-se num profissional de excelência no que toca à promoção de hábitos de vida VIII saudáveis. A sua intervenção na promoção da saúde mental e prevenção ou redução da ansiedade na gravidez deve ser baseada na evidência científica mais atual e ir ao encontro das necessidades específicas de cada casal. Uma das intervenções que pode ser implementada é a TIG, uma técnica não farmacológica simples de executar, com baixos custos associados. No entanto, os seus benefícios não se encontram ainda totalmente esclarecidos, pelo que se tornou pertinente perceber de que forma poderia a utilização da TIG melhorar os cuidados prestados pelo EESMO no âmbito da prevenção e diminuição dos níveis de ansiedade durante a gravidez. Para tal, foi realizada um estudo sobre esta temática, cujos resultados se encontram descritos no presente relatório. Apesar de ainda não existirem evidências concretas que demonstrem os benefícios da implementação da TIG face a outros métodos, os estudos analisados demonstram a importância da implementação de técnicas não farmacológicas para a promoção da saúde mental e a qualidade de vida durante a gravidez. Os estudos analisados parecem apontar para que existam alguns benefícios relativamente ao relaxamento através da utilização da TIG, sendo no entanto necessária mais investigação para clarificar estes resultados.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10731
Designação: Mestrado em Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia
Aparece nas colecções:ESEP - Dissertações de Mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
A Gestão da Ansiedade Materna através da TIG Ana Furtado ep2892.pdf972,1 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.