Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10692
Título: O perfil profissional do trabalhador temporário: um estudo de caso
Autor: Grilo, Íris Maria de Almeida Grilo
Orientador: Almeida, António José
Palavras-chave: gestão de recursos humanos
trabalho temporário
perfil profissional
ETT
competências
human resources management
temporary work
professional profile
temporary work companies
skills
Data de Defesa: Dez-2015
Editora: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Ciências Empresariais
Resumo: Atualmente, o mercado é cada vez mais competitivo e as empresas precisam de se adaptar ao meio que as rodeia sem deixar afetar a produtividade. É nas alturas em que a produtividade se altera e que o número de trabalhadores efetivos da empresa não é suficiente que as empresas recorrem ao trabalho temporário. Segundo a Lei n.º19/2007, artigo 18º, os contratos de utilização podem ser celebrados para substituição direta ou indireta de trabalhadores que se encontrem ausentes, para preenchimento de lugares vagos quando já decorra o processo de recrutamento, atividades sazonais, acréscimo excecional da atividade da empresa, execução de tarefas ocasionais ou de serviço determinado precisamente definido. Em Portugal, a crise vivida, e que levou ao crescimento da taxa de desemprego, é apontada como um dos motivos para os trabalhadores se inscreverem em empresas de trabalho temporário para reingressar no mercado do trabalho. Assim, as empresas recorrem a empresas de trabalho temporário para obter os trabalhadores com um perfil que se adeque às suas necessidades, de forma rápida e económica. Mas quais as caraterísticas mais valorizadas pelos empregadores? Esta investigação pretende caraterizar o perfil dos trabalhadores temporários considerando tanto as caraterísticas socio-gráficas, como as suas categorias profissionais e níveis de rendimento. Além disso, pretende-se analisar as razões pelas quais as empresas utilizadoras recorrem ao trabalho temporário e analisar as competências que estes procuram nos trabalhadores temporários. Para tal, recorreu-se a um estudo de caso para explorar o processo de seleção de trabalhadores temporários. Os dados foram disponibilizados por uma empresa de trabalho temporário e realizaram-se entrevistas junto de alguns dos seus clientes para perceber qual o perfil profissional pretendido e quais os motivos para recorrer ao trabalho temporário. A investigação realizada permitiu concluir que a maioria dos trabalhadores temporários em estudo é do sexo masculino devido à área de atuação da empresa. Relativamente à idade, a maioria dos trabalhadores encontra-se entre os 25 e 54 anos e tem o 3º Ciclo do Ensino Básico. Relativamente à categoria profissional, a maioria dos trabalhadores é “Trabalhador não especializado”, pois muitos dos trabalhadores iniciam a sua atividade profissional com o trabalho temporário, e como tal, não têm uma área de especialização.
Abstract: Nowadays, companies are dealing with an increasingly competitive market and they need to adapt to the environment that is surrounding them without letting their productivity to be affected. In these times where the productivity changes and the number of effective company employees is not enough to deal with the work volume, that the companies appeal to temporary work, one of the multiple forms of job flexibility. Considering the Law n.º19/2007, 18º article, the usage contracts can be established in order to directly or indirectly replace employees that are absent, fill vacant posts when there is a recruitment process on going, seasonal activities, an exceptional increase of company activity, execution of occasional tasks or a precisely defined service. In Portugal, the crisis affects the country and that conducted to the increasing of the unemployment rate, it being pointed out as one of the motives for the employees to register in temporary work companies so that they can return to the job market. Therefore, the companies appeal to temporary work companies so that they can obtain the employees with the profile that fits to their needs, in a fast and economic way. But what are the skills that are more valued by the employers? This investigation intends to characterize the profile of the temporary employees considering not only the sociographic characteristics, but also the professional categories and the income levels. Also, it intends to analyse the reasons of the companies to use temporary work and analyse the skills that they demand the temporary employees to have. In order to achieve that, a case study was developed to explore the temporary employee selection process. In order to achieve that, we used the data provided by a temporary work company and there were made some interviews with their clients in order to understand how is the desired professional profile and the reasons to appeal to temporary work. The investigation allowed to conclude that the majority of temporary employees are male due to the company operating area. Regarding the age, the majority of employees is between 25 and 54 years old and they mostly have the lower secondary education. Regarding the professional category, the majority is a ‘Not specialized worker’, because a lot of employees initialize their career in temporary work and so, they don’t have a specialization area.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Gestão Estratégica de Recursos Humanos
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10692
Aparece nas colecções:IPS - ESCE - CDOC - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
dissertacao de Iris Grilo.pdf1,46 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.