Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10669
Título: Internacionalização das empresas portuguesas: o caso do setor de Prefabricação em Betão
Autor: Carreira, Maria Dulce Santos Tomé Libério
Orientador: Costa, Maria Teresa
Data de Defesa: Dez-2015
Editora: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Ciências Empresariais
Resumo: Com a globalização podemos considerar que o mundo é um só mercado. Já não é possível encarar a atividade de uma empresa somente no contexto do seu mercado nacional. Numa conjuntura de crise financeira e perante um mercado interno saturado, com elevado nível de competitividade, a solução tem que passar pela internacionalização como forma de sustentação das empresas e subsequentemente da economia. Os mercados emergentes aparecem como os mais rentáveis na concretização de internacionalizações e o envolvimento de empresas portuguesas neste tipo de mercados é há muito reconhecido, embora tenham de superar muitas dificuldades. No entanto, a participação de empresas em mercados emergentes apresenta enormes desafios, os riscos conjunturais e estruturais requerem que as empresas desenvolvam estratégias apropriadas para uma internacionalização de sucesso. Como objetivos secundários o estudo pretende: 1) compreender os modelos e teorias de internacionalização, 2) conhecer as estratégias de internacionalização e 3) compreender as motivações para a internacionalização das empresas do setor em estudo. A estratégia de investigação desenvolvida é a de estudo de caso, tendo sido utilizada uma análise quantitativa descritiva dos resultados empíricos com recurso ao SPSS. Desta investigação podemos concluir que apesar de algumas empresas do setor de prefabricados em betão estarem fortemente implantadas no mercado internacional, a maior parte está vocacionada para a produção com forte orientação para a qualidade e para a exportação de I&D.
Abstract: With globalization, the world becomes a single market. The activity of the company is defined not only by the local market but by the whole world markets. Nowadays the financial crisis, a domestic saturated market and a high level of competitiveness pointed that the solution for the companies have to pass through the internationalization and through the focus for the global economy. For the Portuguese companies the emerging markets appear as the most profitable for the internationalization. The involvement on those kinds of markets has been recognized by now, although the companies have to overcome many difficulties. However, the participation of companies in emerging markets means enormous challenges, the cyclical and structural risks require form companies to develop appropriate strategies for successful internationalization. As secondary objectives on this study purposes are: 1) to understand models and theories of internationalization, 2) to distinguish the internationalization strategies and finally 3) to distinguish the motivations for the internationalization of companies in the sector under study. The methodology followed in this work on the empirical research was the inquiry and the analysis of the empirical results were made on the SPSS program. In the end of this research we can conclude that although some companies in the precast concrete industry are strongly established in the international market, most are dedicated to the production with a strong orientation to quality and to the export of R&D.
Descrição: Dissertação apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Mestre em Ciências Empresariais Ramo: Gestão de PME’S
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10669
Aparece nas colecções:IPS - ESCE - CDOC - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Tese Final.pdf5,41 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.