Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10568
Título: A guerra em “direto” e o direito à informação
Outros títulos: Novos paradigmas na condução das operações
Autor: Dias, José
Palavras-chave: Comunicação
Imediatismo
Media
Operações militares
Opinião Pública
Tecnologia
Communication
Immediacy
Media
Military operations
Public opinion
Technology
Data: 2015
Editora: IESM
Resumo: Neste trabalho começámos por mostrar que o tema da guerra ganhou “estilo de notícia” a partir do século XIX. Desde então, auxiliado pela extraordinária evolução tecnológica dos meios de comunicação, o espaço mediático conquistou especial relevância na cobertura dos conflitos armados. Procedemos subsequentemente à análise de estudos de caso constatando que a difusão de notícias, tanto pelos media tradicionais, como nas redes sociais podem condicionar os ciclos de decisão, limitar opções e ameaçar a segurança das operações ao ponto das grandes potências, ainda que ancoradas num poderio militar substancial e na mais moderna tecnologia por vezes vacilam quando sujeitas ao escrutínio dos media. Por fim procurámos analisar em que medida os militares face às críticas e às restrições ao trabalho jornalístico impostas nos últimos grandes conflitos armados, poderão tirar partido do jornalismo “embedded” bem como apontar medidas capazes de satisfazer mutuamente os respetivos interesses, em proveito da condução das operações. Abstract: This study starts by demonstrating that the war theme became a “news style” since the XIX century. Since then, supported by the extraordinary technological evolution witnessed on the communications media, the media environment gained special relevance when covering armed conflicts. We subsequently analysed some case studies concluding that broadcasting news, either by traditional media or via social networks, may condition decision cycles and pose a threat to operations’ security at a level when even global powers, despite backed up by substantial military power and modern technology, can sometimes hesitate when exposed to media. Finally, we tried to analyse at what extent the military, in view of criticism and restrictions to journalism imposed over the last major armed conflicts, could benefit from embedded journalist as well as identifying measures available to meet interests for both parties for the benefit of conduct of operations.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10568
Aparece nas colecções:IUM - CRC - CPOS - MAR - Trabalhos de Investigação Individual

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TII _A Guerra em Direto e o Direito à Info. Cor Sardinha Dias.pdf912,28 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.