Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10562
Título: Soft power e hard power
Outros títulos: dicotomia ou complementaridade
Autor: Santos, Henrique
Palavras-chave: soft power 
hard power
deriva estratégica 
irrelevância militar
crise económico-financeira
relação transatlântica 
strategic rebalance
military irrelevance
economic and financial crisis
transatlantic relationship
Data: 2015
Editora: IESM
Resumo: O poder materializa a capacidade de impor vontade a terceiros, num espetro que abrange do hard ao soft power; considera-se smart power a sua utilização equilibrada e complementar. Na atuação estratégica, os EUA recorrem ao hard power; a UE valoriza o soft power. A deriva estratégica resulta da importância da Ásia-Pacífico. A crise económico-financeira condiciona a alocação de recursos à defesa. A relação transatlântica garante, através da OTAN, a segurança da Europa. A redução dos investimentos na defesa, pelos países da UE, traduz-se numa diminuição do seu smart power. Os desafios atuais exigem maior equilíbrio entre bem-estar e segurança, bem como o aproveitamento de parcerias com outros atores. A nível nacional o desinvestimento na defesa é igualmente significativo. A crescente irrelevância militar europeia poderá ser evitada, através do investimento nos instrumentos de hard power, que permitirão garantir um papel de maior relevo da UE no quadro internacional. Abstract: Power materializes ability to impose will on others, in a spectrum covering from hard to soft power; it is considered smart power it’s balanced and complementary use. In its strategic action, US uses hard power; EU values soft power. The strategic rebalance results from the importance of Asia-Pacific. The economic and financial crisis affects the allocation of resources to defense. The transatlantic relationship guarantees, through NATO, Europe's security. The reduction in defense investment by EU countries, translates into a decrease in its smart power. The current challenges require greater balance between well-being and security, and the use of partnerships with other actors. At the national level the disinvestment of defense is also significant. The growing European military irrelevance can be avoided by investing in hard power instruments, which will ensure an EU greater role in the international framework.
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10562
Aparece nas colecções:IUM - CRC - CPOS - MAR - Trabalhos de Investigação Individual

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
TII soft power hard power.pdf1,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.