Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10400.26/10115
Título: A Quantidade de Informação como Factor de Modelação da Qualidade de Movimento através do Biofeedback Cinemático 3D
Autor: Neto, Sérgio Mendes
Orientador: Matias, Ricardo
Carnide, Maria Filomena
Palavras-chave: Biofeedback Cinemático Tridimensional
Estabilidade Escápulotorácica
(re)Aprendizagem Motora
Fisioterapia
Biofeedback
Scapulothoracic Stability
Motor (re)Learning
Physiotherapy
Data de Defesa: Abr-2014
Editora: Instituto Politécnico de Setúbal. Escola Superior de Saúde
Resumo: Desenho do estudo: Estudo quantitativo, experimental, estudo de campo, prospetivo e com um desenho analítico. Objetivos: Analisar e definir, através da recolha de dados, qual o número de dimensões necessárias para uma correta execução de exercícios escapulo-torácicos através do Biofeedback Cinemático Tridimensional e se a quantidade de informação retorno dada altera a execução dos movimentos, sendo que se pretende também verificar se o tipo de Biofeedback influencia a distância à melhor posição, a distância Escapular Torácica na Posição Neutra e também a variável dependente- tempo percorrido . Enquadramento: Estudos têm demonstrado a efetividade do uso do Biofeedback Cinemático Tridimensional, sendo que, quando este é retirado, observa-se uma alteração na forma como o indivíduo executa a tarefa, bem como no tempo de execução. Por outro lado, este estudo vai permitir averiguar o número de dimensões necessárias à execução da tarefa pedida, sendo que é fundamental perceber se a utilização de diferentes tipos de informação de retorno, com o recurso ao Biofeedback, melhora a performance do movimento. Métodos: A amostra participante foi constituída por 15 indivíduos sem sintomatologia ou história de patologia do ombro, tendo constituido um único grupo de amostra no qual existiu diferentes tipos de Biofeedback na realização dos exercicios. A análise cinemática tridimensional incidiu sobre dados recolhidos e digitalizados através de sensores colocados ao nível da omoplata, membro superior e tórax, por meio de um sistema de varrimento eletromagnético não invasivo e do software The Motion Monitor durante a execução da tarefa pedida (exercício escapulo-torácicos). Resultados: Verificou-se que existiam diferenças estatisticamente significativas entre as variáveis em análise (influência do Biofeedback facultado ao sujeito, nas variáveis distância ao melhor caminho, a distância na Posição Neutra Escapulo Torácica e o Tempo percorrido na realização da tarefa). Assim, destacam-se diferenças também relativamente à quantidade de informação de retorno fornecida, bem como à qualidade da execução dos exercícios escápulo-torácicos, no que respeita às variáveis de desempenho: feedback extrínseco unidimensional e bidimensional. Na prática estes resultados indicam diferenças na qualidade da execução de exercícios escápulotorácicos relativamente à quantidade de informação de retorno fornecida aos sujeitos integrantes da amostra. Conclusão: Estes resultados demonstraram que a qualidade de execução dos exercícios focados na omoplata melhorou, em tempo real, com o uso do Biofeedback Cinemático Tridimensional, e que ocorreu transferência de aprendizagem com uma transferência de informação de retorno.
Abstract: Study Design: Quantitative, experimental, field study and prospective study, with an analytical design. Objectives: To analyze and define, through data collection, how many dimensions are needed for a proper execution of scapular-thoracic exercises through the Threedimensional Cinematic Biofeedback. Background: Studies have demonstrated the effectiveness of using three-dimensional Biofeedback , and when it is removed, there is deterioration in the way the individual performs the task, as also in the duration of it. Moreover, this study will allow to ascertain the number of needed dimensions to implement the requested task, crucial to understand whether the use of different amount of information given during scapular-thoracic exercises measured with the use of Biofeedback improves motion performance. Material and Methods: The participant sample consisted of 15 subjects without symptoms or history of shoulder pathology, having constituted a single sample group in which different types of information where given during specific scapular-thoracic exercises. The three-dimensional kinematic analysis focused on data collected and scanned by sensors placed at the level of the shoulder blade, arm and chest, through a system of non-invasive electromagnetic scanning and The Motion Monitor software for the task requested (scapula-thoracic exercises). Results: It was found that there were significant differences between the variables under analysis (influence of information provided to the subject, at the variables distance to the best path, distance to the scapular-thoracic neutral position and the time needed for doing the exercise. So, there are differences regarding the quantity of information given, as well as the quality of the scapular-thoracic exercises, as regards the performance variables: one-dimensional and two-dimensional extrinsic feedback. In practice, these results indicate differences in the quality of implementation of the scapular-thoracic exercises related to the amount of feedback provided to the subjects included in the sample Conclusion: These results demonstrate that the execution quality of scapula-focused exercises benefits of real-time three-dimensional Kinematic Biofeedback and that transfer of (re)learning occurs with a specific amount of information given.
Descrição: Dissertação de Mestrado em Fisioterapia - Ramo Condições Músculo-Esqueléticas
URI: http://hdl.handle.net/10400.26/10115
Aparece nas colecções:IPS - ESS - BIBLIOTECA - Dissertações de mestrado

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
SérgioNeto.pdf1,12 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.